Postagens

Mostrando postagens de Janeiro, 2017

Amar Alguém

Imagem
Na vida, a gente só sabe que ama alguém, a gente só tem o direito de dizer a alguém que a amamos depois de ter dito infinitas vezes a esse mesmo alguém a frase: eu perdoo você. Porque na verdade a gente só sabe que ama, depois de ter tido a necessidade de perdoar. Antes do perdão a gente pode ter admiração por alguém, mas admirar alguém ainda não é amar, porque admiração não nos leva a dar a vida pelo outro. Admiração é um sentimento, uma situação superficial, eu admiro aquela pessoa, mas eu sei que amo depois de ter olhado nos olhos, saber que errou, que não fez nada certo e ainda sim eu continuar dizendo que "eu não sei viver sem você", "apesar de ter errado tanto continuas sendo tão especial para mim".


A gente sabe que ama as pessoas assim, depois de ter feito o exercício de olhar nos olhos no momento que ela não merece ser olhada e descobrir ainda ali uma chance, ainda não acabou. Coisa boa na vida é a gente encontrar gente que nos trate assim com esse nível …

CD Padre Fabio de Melo - Eu e o Tempo

Imagem
Eu e o Tempo é o primeiro CD ao vivo de Padre Fábio de Melo, gravado durante o show de mesmo nome no Canecão-RJ, em janeiro de 2009. Eu e o Tempo é o primeiro registro ao vivo e a cores do Padre, que foi gravado no Canecão (RJ) com um belíssimo projeto artístico, dividido em quadros que representam o ciclo litúrgico - Advento, Epifania, Quaresma, Páscoa e Pentecostes.

CARTAS ENTRE AMIGOS - SOBRE GANHAR E PERDER

Imagem
Sinopse
Em 'Cartas entre amigos - sobre ganhar e perder', de Gabriel Chalita e Fábio de Melo, Machado de Assis, Castro Alves, Guilherme de Almeida, Graciliano Ramos, entre outros escritores, dialogam com as inquietações dos autores e mostram análises confortantes, que aliviam a aparente desesperança de viver no século 21. Já as citações de autoras em plena produção literária, como Adélia Prado e Nélida Piñon, permeiam o livro nos dando a sensação de ser "entendido" por alguém. Na carta inaugural do livro, Gabriel Chalita lembra como o conhecimento nasce da experiência pessoal, mas cresce pelo convívio e pelo respeito pelo outro. E ensina como a espera e a esperança dão significado à experiência e ao conhecimento, como por exemplo, na frase "esperar é reconhecer-se incompleto". O livro demonstra que a esperança é por uma humanidade mais fraterna. Porque o mundo contemporâneo impõe "o desafio diuturno de não desistir da pessoa humana". E essas cart…

Variedade de cores

Imagem
A beleza de um jardim não depende do tamanho das flores, mas da variedade de seu colorido. Assim, a felicidade não depende de grandes alegrias, mas da variedade de muiтos e pequenos momentos felizes que colhemos ao longo da vida. Padre Fábio de Melo

Tem dia que a gente põe vírgula

Imagem

Uma Questão de Escolha

Imagem
O coração anda no compasso que pode. Amores não sabem esperar o dia amanhecer. O exemplo é simples. O filho que chora tem a certeza de que a mãe velará seu sono. A vida é pequena, mas tão grande nestes espaços que aos cuidados pertencem. Joelhos esfolados são representações das dores do mundo. 
A mãe sabe disso. O filho, não. Aprenderá mais tarde, quando pela força do tempo que nos leva, ele precisará cuidar dos joelhos dos seus pequenos. O ciclo da história nos direciona para que não nos percamos das funções. São as regras da vida. E o melhor é obedecê-las.
Tenho pensado muito no valor dos pequenos gestos e suas repercussões. Não há mágica que possa nos salvar do absurdo. O jeito é descobrir esta migalha de vida que sob as realidades insiste em permanecer. São exercícios simples…
Retire a poeira de um móvel e o mundo ficará mais limpo por causa de você. É sensato pensar assim. Destrua o poder de uma calúnia, vedando a boca que tem ânsia de dizer o que a cabeça ainda não sabe, e alguém…

O que é ganhar...

Imagem

Reflexão sobre o Amor

Imagem
Conheça o Blog - Os Românticos 
Clique no site para abaixo para visitar o blog
https://osromanticos16.blogspot.com.br/
Clique no site abaixo para seguir o blog - Os Românticos
https://www.blogger.com/follow.g?view=FOLLOW&blogID=1987260820508839953

Veja o video abaixo com Pe Fábio de Melo falando de Amor.

CD Queremos Deus

Imagem
Uma das maiores vozes católicas do país, Padre Fábio de Melo emociona e comove multidões com sua voz marcante e suas mensagens de amor e paz. Em seu novo projeto, Pe. Fábio levou mais de 40 mil pessoas para a sede da Canção Nova, em Cachoeira Paulista - SP para a gravação do grandioso show "Queremos Deus". Esse projeto contou com a participação de diversos nomes famosos na música católica nacional, entre eles: Ziza Fernandes, Celina Borges, Walmir Alencar, Eugênio Jorge, Adriana Arydes, Salete Ferreira e Eros Biondini.
Além de sucessos antigos, o álbum conta com sete músicas inéditas, incluindo “Seja Bem-Vindo”, música que recepcionará o Papa na sua vinda ao Brasil durante a Jornada Mundial da Juventude. Contando com uma produção primorosa, o show transforma-se em um espetáculo emocionante, comovendo a todos que estavam presentes na gravação. Mais uma vez, Padre Fábio de Melo lança um projeto que é certeza de sucesso e que tocará todas as pessoas com suas mensagens de fé.



A viagem começa no momento em que...

Imagem

Tudo Posso

Imagem

Tudo Posso

Imagem
Posso, tudo posso Naquele que me fortalece
Nada e ninguém no mundo vai me fazer desistir
Quero, tudo quero, sem medo entregar meus projetos
Deixar-me guiar nos caminhos que Deus desejou pra mim e ali estar

Vou perseguir tudo aquilo que Deus já escolheu pra mim
Vou persistir, e mesmo nas marcas daquela dor
Do que ficou, vou me lembrar
E realizar o sonho mais lindo que Deus sonhou
Em meu lugar estar na espera de um novo que vai chegar
Vou persistir, continuar a esperar e crer
E mesmo quando a visão se turva e o coração só chora
Mas na alma, há certeza da vitória

Posso, tudo posso Naquele que me fortalece
Nada e ninguém no mundo vai me fazer desistir

Vou perseguir tudo aquilo que Deus já escolheu pra mim
Vou persistir, e mesmo nas marcas daquela dor
Do que ficou, vou me lembrar
E realizar o sonho mais lindo que Deus sonhou
Em meu lugar estar na espera de um novo que vai chegar
Vou persistir, continuar a esperar e crer ...
Eu vou sofrendo, mas seguindo enquanto tantos não entendem
Vou cantando minha história,…

Direção Espiritual 18/01/2017 - Jesus Eucarístico

Imagem

Humano Amor de Deus

Imagem

Humano Amor de Deus

Imagem
Tens o dom de ver estradas
Onde eu vejo o fim
Me convences quando falas:
Não é bem assim!
Se me esqueço, me recordas
Se não sei, me ensinas.
E se perco a direção
Vens me encontrar

Tens o dom de ouvir segredos
Mesmo se me calo
E se falo me escutas
Queres compreender
Se pela força da distância
Tu te ausentas
Pelo poder que há na saudade
Voltarás!

Quando a solidão doeu em mim
Quando o meu passado não passou por mim
Quando eu não soube compreender a vida
Tu vieste compreender por mim

Quando os meus olhos não podiam ver
Tua mão segura me ajudou a andar
Quando eu não tinha mais amor no peito
Teu amor me ajudou a amar

Quando os meus sonhos vi desmoronar
Me trouxeste outros pra recomeçar
Quando me esqueci que era alguém na vida
Teu amor veio me relembrar

Que Deus me ama
Que não estou só
Que Deus cuida de mim
Quando fala pela tua voz
E me diz: coragem! (bis)


Hoje é Tempo de Ser Feliz!

Imagem
A vida é fruto da decisão de cada momento. Talvez seja por isso, que a idéia de plantio seja tão reveladora sobre a arte de viver.

Viver é plantar. É atitude de constante semeadura, de deixar cair na terra de nossa existência as mais diversas formas de sementes.

Cada escolha, por menor que seja, é uma forma de semente que lançamos sobre o canteiro que somos. Um dia, tudo o que agora silenciosamente plantamos, ou deixamos plantar em nós, será plantação que poderá ser vista de longe…

Para cada dia, o seu empenho. A sabedoria bíblica nos confirma isso, quando nos diz que “debaixo do céu há um tempo para cada coisa!”

Hoje, neste tempo que é seu, o futuro está sendo plantado. As escolhas que você procura, os amigos que você cultiva, as leituras que você faz, os valores que você abraça, os amores que você ama, tudo será determinante para a colheita futura.

Felicidade talvez seja isso: alegria de recolher da terra que somos, frutos que sejam agradáveis aos olhos!

Infelicidade, talvez seja o contr…

Não há fórmula mágica

Imagem

Palavras erradas costumam machucar ...

Imagem
Palavras erradas costumam machucar para o resto da vida, já o silêncio certo pode ser a resposta de muitas perguntas...

SÓ DÊ OUVIDOS A QUEM TE AMA

Imagem
Só dê ouvidos a quem te ama. Outras opiniões, se não fundamentadas no amor, podem representar perigo. Tem gente que vive dando palpite na vida dos outros. O faz porque não é capaz de viver bem a sua própria vida. É especialista em receitas mágicas de felicidade, de realização, mas quando precisa fazer a receita dar certo na sua própria história, fracassa.

Tem gente que gosta de fazer a vida alheia a pauta principal de seus assuntos. Tem solução para todos os problemas da humanidade, menos para os seus. Dá conselhos, propõe soluções, articula, multiplica, subtrai, faz de tudo para que o outro faça o que ele quer.

Só dê ouvidos a quem te ama, repito. Cuidado com as acusações de quem não te conhece. Não coloque sua atenção em frases que te acusam injustamente. Há muitos que vão feridos pela vida porque não souberam esquecer os insultos maldosos. Prenderam a atenção nas palavras agressivas e acreditaram no conteúdo mentiroso delas.
Há muitos que carregam o fardo permanente da irrealização p…

Quando o Sofrimento Bater à Sua Porta

Imagem
Quando o sofrimento bater à sua porta, é melhor você abrir...Em todas as culturas, o sofrimento humano figura como um dos assuntos mais recorrentes. Muitos ramos do conhecimento já se ocuparam dele. O sofrimento é naturalmente interessante. Ele nos instiga a uma aproximação respeitosa, pois parece condensar boa parte do significado da vida. Compreendê-lo nos oferece uma chave de leitura para todas as questões humanas. Afinal ele perpassa toda a problemática da existência. O sofrimento é o “lugar” onde reconhecemos nossa humanidade em sua crueza mais venturosa.
Detalhes do produto Capa comum: 192 páginas Editora: Planeta; Edição: 1ª (15 de abril de 2016) Idioma: Português ISBN-10: 8542207068 ISBN-13: 978-8542207064 Dimensões do produto: 22,8 x 15,6 x 1,6 cm Peso do produto: 299 g

Deus é capaz de trocar reinos por ti...

Imagem
“Deus é capaz de trocar reinos por ti, abrir mares pra que possas atravessar e se preciso fosse daria novamente a vida por ti! Deus só não é capaz de deixar de te amar...

Você pensa que não vai esquecer...

Imagem
“Você pensa que não vai esquecer... E esquece! Você pensa que essa dor não vai passar... Mas passa! Você pensa que tudo é eterno... Mas não é...”

Só dê ouvidos a quem te ama...

Imagem
“Só dê ouvidos a quem te ama. Não te preocupes tanto com o que acham de ti. O que te salva não é o que os outros andam achando, mas é o que Deus sabe a teu respeito”

Vire a página. Dê um ponto final nas coisas que te fazem...

Imagem
“Vire a página. Dê um ponto final nas coisas que te fazem mal. A vida é um círculo, não um quadrado. Tenha pressa de ser feliz, por que nós não sabemos quanto tempo nos resta”

Você é quem decide o que vai ser eterno em você...

Imagem
“Você é quem decide o que vai ser eterno em você, no seu coração. Deus nos dá o dom de eternizar em nós o que vale a pena, e esquecer definitivamente aquilo que não vale...”

CD - Padre Fábio de Melo - Deus No Esconderijo do Verso

Imagem
Padre Fábio de Melo traz em seu novo álbum, "Deus No Esconderijo Do Verso", 10 canções autorais e escolheu, para finalizar o repertório, quatro canções para interpretar: "Paciência" de Lenine e Dudu Falcão, "Estrela Luminosa" de Altay Veloso e "O Vendedor de Sonhos" e "Pra Eu Parar de Me Doer" de Milton Nascimento e Fernando Brant. Um dos maiores e mais importantes nomes da música Católica Brasileira, padre Fabio de Melo, traz para o mercado seu 19º CD. Outro ponto forte do CD são as participações especiais, onde Padre Fabio canta ao lado de grandes nomes da música brasileira, entre elas: Elba Ramalho, Fagner, Ninah Jo, Alcione, Fafá de Belém e Zeca Pagodinho, além da poderosa Nana Caymmi em "Deus No Esconderijo Do Verso", música que dá nome ao álbum.


Quem Me Roubou de Mim?

Imagem
Em 'Quem me roubou de mim?' Padre Fábio de Melo aborda uma violência sutil que aflige muitas pessoas - o sequestro da subjetividade. Essa expressão refere-se à privação que sofremos de nós mesmos quando estabelecemos com alguém, nas palavras do próprio autor, 'um vínculo que mina nossa capacidade de ser quem somos, de pensar por nós mesmos, de exercer nossa autonomia, de tomar decisões e exercer nossa liberdade de escolha'. Uma vez sequestrados, perdemos a capacidade de sonhar, ficamos impossibilitados de viver as realizações para as quais fomos feitos e não temos com quem reclamar. Precisamos, portanto, estar sempre atentos para que isso não nos aconteça pois, como escreve padre Fábio - 'Nenhuma relação humana está privada de se transformar em roubo, perda de identidade, ainda que as pessoas nos pareçam bem-intencionadas. Um só descuido e as relações podem evoluir para essa violência silenciosa. Basta que as pessoas se percam de seus referenciais, [...] que confun…

Pecados Públicos

Imagem
Não reclamo. Apenas constato. Tem ficado cada vez mais difícil a gente se reconciliar com os erros cometidos. O motivo é simples. A vida privada acabou. O acontecimento particular passa a pertencer a todos. A internet é um recurso para que isso aconteça. Os poucos minutos noticiados não cairão no esquecimento. Há um modo de fazê-los perdurarem. Quem não viu poderá ver. Repetidas vezes. É só procurar o caminho, digitar uma palavra para a busca.
Tudo tem sido assim. A socialização da notícia é um fato novo, interessantíssimo. Possibilita a informação aos que não estavam diante da TV no momento em que foi exibida.
A internet nos oferece uma porta que nos devolve ao passado. Fico fascinado com a possibilidade de rever as aberturas dos programas do meu tempo de infância. As imagens que permaneciam vivas no inconsciente reencontram a realidade das cores, movimentos e dos sons.
Mas o que fazer quando a imagem disponível refere-se ao momento trágico da vida de uma pessoa? Indigência exposta,…

O peso que a gente leva...

Imagem
Olho ao meu redor e descubro que as coisas que quero levar não podem ser levadas. Excedem aos tamanhos permitidos. Já imaginou chegar ao aeroporto carregando o colchão para ser despachado?
As perguntas são muitas… E se eu tiver vontade de ouvir aquela música? E o filme que costumo ver de vez em quando, como se fosse a primeira vez?
Desisto. Jogo o que posso no espaço delimitado para minha partida e vou. Vez em quando me recordo de alguma coisa esquecida, ou então, inevitavelmente concluo que mais da metade do que levei não me serviu pra nada.
É nessa hora que descubro que partir é experiência inevitável de sofrer ausências. E nisso mora o encanto da viagem. Viajar é descobrir o mundo que não temos. É o tempo de sofrer a ausência que nos ajuda a mensurar o valor do mundo que nos pertence.
E então descobrimos o motivo que levou o poeta cantar: “Bom é partir. Bom mesmo é poder voltar!” Ele tinha razão. A partida nos abre os olhos para o que deixamos. A distância nos permite mensurar os …