Pular para o conteúdo principal

Quando o Sofrimento Bater à Sua Porta

Quando o sofrimento bater à sua porta, é melhor você abrir...Em todas as culturas, o sofrimento humano figura como um dos assuntos mais recorrentes. Muitos ramos do conhecimento já se ocuparam dele. O sofrimento é naturalmente interessante. Ele nos instiga a uma aproximação respeitosa, pois parece condensar boa parte do significado da vida. Compreendê-lo nos oferece uma chave de leitura para todas as questões humanas. Afinal ele perpassa toda a problemática da existência. O sofrimento é o “lugar” onde reconhecemos nossa humanidade em sua crueza mais venturosa.

Detalhes do produto
Capa comum: 192 páginas
Editora: Planeta; Edição: 1ª (15 de abril de 2016)
Idioma: Português
ISBN-10: 8542207068
ISBN-13: 978-8542207064
Dimensões do produto: 22,8 x 15,6 x 1,6 cm
Peso do produto: 299 g

https://www.google.com.br/search?q=Quando+o+Sofrimento+Bater+%C3%A0+Sua+Porta&oq=Quando+o+Sofrimento+Bater+%C3%A0+Sua+Porta&aqs=chrome..69i57j69i60l2&client=ubuntu&sourceid=chrome&ie=UTF-8#tbm=shop&q=Quando+o+Sofrimento+Bater+%C3%A0+Sua+Porta+-+Padre+F%C3%A1bio+de+Melo

Postagens mais visitadas deste blog

Frases - Padre Fábio de Melo

A maior prisão que podemos ter na vida é aquela quando a gente descobre que estamos sendo não aquilo que somos, mas o que o outro gostaria que fôssemos. 
Geralmente quando a gente começa a viver muito em torno do que o outro gostaria que a gente fosse, é que a gente tá muito mais preocupado com o que o outro acha sobre nós, do que necessariamente nós sabemos sobre nós mesmos.
O que me seduz em Jesus é quando eu descubro que n'Ele havia uma capacidade imensa de olhar dentro dos olhos e fazer que aquele que era olhado reconhecer-se plenamente e olhar-se com sinceridade.
Durante muito tempo eu fiquei preocupado com o que os outros achavam ao meu respeito. Mas hoje, o que os outros acham de mim muito pouco me importa [a não ser que sejam pessoas que me amam], porque a minha salvação não depende do que os outros acham de mim, mas do que Deus sabe ao meu respeito. Padre Fábio de Melo

A maior prisão que podemos ter na vida é aquela quando a gente...

A maior prisão que podemos ter na vida é aquela quando a gente descobre que estamos sendo não aquilo que somos, mas o que o outro gostaria que fôssemos. 
Geralmente quando a gente começa a viver muito em torno do que o outro gostaria que a gente fosse, é que a gente tá muito mais preocupado com o que o outro acha sobre nós, do que necessariamente nós sabemos sobre nós mesmos.
O que me seduz em Jesus é quando eu descubro que n'Ele havia uma capacidade imensa de olhar dentro dos olhos e fazer que aquele que era olhado reconhecer-se plenamente e olhar-se com sinceridade.
Durante muito tempo eu fiquei preocupado com o que os outros achavam ao meu respeito. Mas hoje, o que os outros acham de mim muito pouco me importa [a não ser que sejam pessoas que me amam], porque a minha salvação não depende do que os outros acham de mim, mas do que Deus sabe ao meu respeito.

TEM DIA QUE A GENTE PÕE VÍRGULA, TEM DIA...

TEM DIA QUE A GENTE  PÕE VÍRGULA, TEM  DIA QUE  COLOCAMOS RETICÊNCIAS,  TEM DIA QUE COLOCAMOS PONTO FINAL.  E TEM DIA QUE  TEMOS A NECESSIDADE DE VIRAR A PÁGINA.