Pular para o conteúdo principal

Mulheres de Aço e de Flores


'Mulheres de aço e flores representa a essência da mulher comum, a feminilidade no cotidiano, a inquietação e a sutiliza que lhe são corriqueiras. Pe. Fábio, de maneira interessante e profunda, por meio de histórias simples, consegue discutir questões elevadíssimas do ser humano, conflitos internos que só alguém com grande sensibilidade poderia fazer. Além disso, o autor consegue desvencilhar-se da sua figura de Padre e apresenta uma postura muito mais humana e compreensiva do que religiosa. Inevitavelmente, independente da crença do leitor, o livro se faz adequado, por meio de suas temáticas e questionamentos que nada mais são do que inquietações da alma. É maravilhoso sentir como padre Fábio ama o ser humano e suas Mulheres de aço e flores. Ler este livro é como receber um abraço'. 

http://www.buscape.com.br/box-mulheres-de-aco-e-de-flores-e-mulheres-cheias-de-graca-pe-fabio-de-melo-8542206312



Postagens mais visitadas deste blog

Frases - Padre Fábio de Melo

A maior prisão que podemos ter na vida é aquela quando a gente descobre que estamos sendo não aquilo que somos, mas o que o outro gostaria que fôssemos. 
Geralmente quando a gente começa a viver muito em torno do que o outro gostaria que a gente fosse, é que a gente tá muito mais preocupado com o que o outro acha sobre nós, do que necessariamente nós sabemos sobre nós mesmos.
O que me seduz em Jesus é quando eu descubro que n'Ele havia uma capacidade imensa de olhar dentro dos olhos e fazer que aquele que era olhado reconhecer-se plenamente e olhar-se com sinceridade.
Durante muito tempo eu fiquei preocupado com o que os outros achavam ao meu respeito. Mas hoje, o que os outros acham de mim muito pouco me importa [a não ser que sejam pessoas que me amam], porque a minha salvação não depende do que os outros acham de mim, mas do que Deus sabe ao meu respeito. Padre Fábio de Melo

A maior prisão que podemos ter na vida é aquela quando a gente...

A maior prisão que podemos ter na vida é aquela quando a gente descobre que estamos sendo não aquilo que somos, mas o que o outro gostaria que fôssemos. 
Geralmente quando a gente começa a viver muito em torno do que o outro gostaria que a gente fosse, é que a gente tá muito mais preocupado com o que o outro acha sobre nós, do que necessariamente nós sabemos sobre nós mesmos.
O que me seduz em Jesus é quando eu descubro que n'Ele havia uma capacidade imensa de olhar dentro dos olhos e fazer que aquele que era olhado reconhecer-se plenamente e olhar-se com sinceridade.
Durante muito tempo eu fiquei preocupado com o que os outros achavam ao meu respeito. Mas hoje, o que os outros acham de mim muito pouco me importa [a não ser que sejam pessoas que me amam], porque a minha salvação não depende do que os outros acham de mim, mas do que Deus sabe ao meu respeito.

TEM DIA QUE A GENTE PÕE VÍRGULA, TEM DIA...

TEM DIA QUE A GENTE  PÕE VÍRGULA, TEM  DIA QUE  COLOCAMOS RETICÊNCIAS,  TEM DIA QUE COLOCAMOS PONTO FINAL.  E TEM DIA QUE  TEMOS A NECESSIDADE DE VIRAR A PÁGINA.