Não há como deixar...